Histórias da Ditadura

Referências

Autor

William de Souza Nunes Martins

Título

Produzindo no escuro: políticas para a indústria cinematográfica brasileira e o papel da censura (1964-1988).

Formato

Tese

Palavras-chave

Censura, Cinema, Embrafilme, UFRJ,

Sinopse

A década de 1960 foi certamente um dos momentos políticos mais conturbados da história recente o Brasil: o golpe civil-militar de 1964 e o enrijecimento da repressão, em 1968, levaram a uma vigilância constante e institucionalizada do Estado às artes. Contudo, foi também naquela época que vários movimentos artísticos e culturais conseguiram mudar as concepções estéticas vigentes. A atenção do regime esteve focada na produção fílmica nacional através de duas esferas aparentemente dicotômicas: ao mesmo tempo em que apoiavam a realização de filmes nacionais, concedendo benefícios diretos e indiretos, promoviam a censura das obras cinematográficas através da DCDP (Divisão de Censura de Diversões Públicas) e do apoio de parcelas da sociedade. O objetivo desta tese é perceber como os filmes financiados ou cofinanciados pela Embrafilme foram analisados pela DCDP. O fato de os filmes serem financiados por uma agência governamental fez com que eles fossem analisados com uma certa complacência pelos censores.

Classificação
[Total: 0    Média: 0/5]

Comentários

Deixe uma resposta