Histórias da Ditadura

Artigos

Joinville
08
ago
2019

HD nas universidades | A transição democrática em Joinville


Dissertação: Ecos da democratização: uma análise das vozes do processo de transição do regime militar em Joinville

Autor: Izaias de Souza Freire (Lattes | Dissertação)

Orientador: Luiz Felipe Falcão

Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina, 2015

1. Qual a questão central da sua pesquisa?

Entender as aproximações do empresariado joinvillense com o regime de 1964 e os caminhos da democratização pelo viés capital-trabalho.

2. Resumo da pesquisa

O estudo aborda a temática da democratização sob o eixo capital-trabalho em Joinville entre os anos de 1975 a 1995. O objetivo é entender aspectos de como a cidade, sob o epíteto de “cidade industrial”, mostrou-se ao longo desse processo, lidando com descontinuidades e permanências de uma cultura política autoritária. O primeiro capítulo problematiza o acontecimento da vinda de Ernesto Geisel à cidade no dia 1º de maio de 1975 e procura discutir suas aproximações com o regime instaurado após 1964. O capítulo dois faz uma abordagem das tensões entre elementos de democratização introduzidos no mundo do trabalho fabril e as reações advindas do embate pela transformação da cultura política. A pesquisa apoiou-se em documentos impressos, sobretudo jornais, e em fontes orais.

3. Quais foram suas principais conclusões?

O alinhamento do empresariado à cultura política autoritária do regime de 1964 impôs entraves à organização dos trabalhadores durante os anos da abertura política em Joinville-SC.

4. Referências

Daniel Aarão Reis; Marcelo Ridenti; Rodrigo Patto Sá Motta (Org). A ditadura que mudou o Brasil. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

Leonardo Avritzer. Cultura política, atores sociais e democratização: uma crítica às teorias da transição para a democracia. São Paulo: Revista Brasileira de Ciências Sociais. Vol. 10, n. 28, 1995.

Serge Bernstein. A cultura política. In: Jean-Pierre Rioux; Jean-François Sirinelli (Orgs). Para uma História Cultural. Lisboa: Estampa, 1998.

Ana Lice Brancher; Reinaldo Lindolfo Lohn. Histórias na Ditadura: Santa Catarina: 1964-1985. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2014.

Sebastião Velasco e Cruz. Empresariado e Estado na transição brasileira: um estudo sobre a economia política do autoritarismo (1974-1977).

Izaias de Souza Freire é professor de história da rede pública estadual de Santa Catarina. Mestre e Doutorando em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Caso queira divulgar sua pesquisa sobre temas relacionados às ditaduras latino-americanas do século XX ou sobre questões do Brasil contemporâneo, não necessariamente na área de História, escreva para o email: hd@historiadaditadura.com.br


Crédito da imagem destacada:
CPDOC/FGV (EG foto 0931)