Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

05
jan
2017

Brasília: Alexandre Ribondi peça sobre memórias da ditadura.

Inspirado pelo momento de crise política e de representação no país, o ator e diretor Alexandre Ribondi escreveu e abre 2017 apresentando “Azul da Prússia”. A peça faz curta temporada de dois finais de semana no Teatro do Brasília Shopping e apresenta um encontro improvável entre um morador de rua e um jovem perdido na noite da capital federal. O diálogo que segue é surpreendente e revelador, pois de forma lírica, bem humorada e distante do discurso panfletário, traz memórias da ditadura militar.

“Como nós estamos vivendo momentos de muita incerteza no país – incerteza política, incerteza econômica, é muito bom a gente voltar a falar da época da ditadura brasileira”, recorda Ribondi, completando: “uma das personagens lê um diário onde há passagens do dia-a-dia na ditadura… Porque o ruim da ditadura, que ninguém para pra pensar nisso, é o dia a dia… É cada dia. Cada olhar de rabo de olho na rua, cada carro de polícia que passa. Isso é muito difícil”. No entanto, ele ressalta que “por mais atroz que tenha sido, essa ditadura envolveu pessoas que você gosta, que você ama, a casa onde você morou e que foi invadida, mas que continua na sua memória sendo uma casa muito bonita”.

Leia mais: Brasília Agora