Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

11
mar
2017

Jornal de estudantes contrários à ditadura completa 50 anos.

No dia 13 de março de 1967, em pleno regime militar, o Grêmio Estudantil da antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) da USP publicou o número zero do jornal Amanhã. A agremiação funcionava clandestinamente, ignorando decreto da ditadura que proibia a existência de movimentos estudantis, e, no editorial “Caminho para o amanhã”, deixou claro a que veio a nova publicação: “Este é um jornal que os universitários de São Paulo se propõem oferecer aos brasileiros preocupados com os problemas nacionais. Seus objetivos são claros: colocar ao alcance dos leitores dados que retratem nossa realidade social e econômica, de forma a abrir perspectivas para a tomada de posição no encaminhamento dos destinos do País”.

Leia mais: Jornal da USP