Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

09
fev
2017

Militares perseguiram árabes em Brasília durante e ditadura.

Os militares não davam sossego aos árabes residentes em Brasília ou em visita à capital nos anos 1970 e 1980. Agentes dos órgãos de repressão da ditadura seguiam cada passo dos cidadãos oriundos de países como Irã, Síria, Iraque e Líbia. Também miravam integrantes da Organização para a Libertação da Palestina (OLP). Eles eram fotografados e tinham endereços, placas de carros e outros dados cadastrados caso participassem de qualquer ato público no Distrito Federal.
O Correio encontrou seis dossiês elaborados por órgãos de repressão no Brasil que tiveram árabes como investigados. Os documentos trazem informações detalhadas das vidas desses estrangeiros, inclusive de embaixadores e diplomatas. Os processos contêm, além das fichas, fotografias dos árabes nas mais diversas ocasiões. As imagens eram feitas por agentes secretos que se passavam por jornalistas para clicar os alvos.

Leia mais: Correio Braziliense