Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

07
jan
2017

Milton Hatoum: “A violência da ditadura está voltando nessa caricatura de democracia em que vivemos”.

O Brasil vive um momento de instabilidade política e econômica. Dá algum tipo de esperança ver que um projeto como Dois irmãos, que exibe uma brasilidade pouco conhecida do grande público, está prestes a estrear? Um novo Brasil pode ser pensado pela nossa cultura?
É interessante você dizer isso, porque o Luiz Fernando me falou exatamente o mesmo em uma conversa. Ele e também alguns atores. É um momento de pensar o país. Isso vai mexer também com a família brasileira, com os imigrantes, pois este é um país de imigrantes, sejam estrangeiros ou migrantes daqui mesmo, de diferentes regiões. Além disso, como o arco temporal é longo, ele começa lá atrás, mas chega na violência de hoje em Manaus. O Luiz Fernando inclusive avançou nesse sentido, colocou coisas no roteiro que não estão no livro, mas que cabem muito bem no momento que estamos vivendo, com a minha cidade destruída. A violência da ditadura está voltando nessa caricatura de democracia em que vivemos. A série vem em um momento em que o país está muito dilacerado. O Brasil está encalacrado.

Leia mais: Jornal Zero Hora