Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

18
jan
2017

Oito sul-americanos são sentenciados na Itália por crimes na Operação Condor.

Um tribunal de Roma sentenciou nesta terça-feira oito ex-líderes militares e políticos sul-americanos pela desaparição e morte de 23 pessoas de origem italiana durante a repressão a dissidentes e intelectuais empreendida pelas ditaduras na região. Os promotores italianos absolveram outras 19 pessoas no processo sobre a chamada Operação Condor, aliança secreta de ditaduras na América do Sul durante as décadas de 1970 e 1980 na qual líderes militares cooperaram na perseguição e morte de dissidentes, inclusive de outros países.

Entre os processados em ausência e sentenciados estão o ex-presidente boliviano Luis García Meza Tejada, o ex-presidente peruano Francisco Morales Bermúdez, dois ex-comandantes militares do Chile e um político do Uruguai. O promotor Gianluca Capaldo disse que, uma vez que se esgotem os recursos, a Itália buscará que os condenados cumpram as sentenças em seus respectivos países, onde alguns já estão detidos ou sob prisão domiciliar.

Leia mais: Estado de Minas