Histórias da Ditadura

Hoje na Imprensa

27
fev
2017

Zona Franca trouxe progresso regional para Manaus em 50 anos.

A ZFM recebeu o arcabouço jurídico para funcionar nos moldes atuais, por meio do decreto-lei nº 288, de 28 de fevereiro de 1967, que criou a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), com responsabilidade de identificar alternativas econômicas e atrair empreendimentos para a região, para contribuir com a geração de emprego e renda.

José e Marcelo Seráfico, no artigo “A Zona Franca de Manaus e o capitalismo no Brasil”, contam que foi só nessa data que ela entrou, de fato, em vigor, reestruturada pelo decreto. Em meio ao regime militar, o modelo foi definido como “uma área de livre comércio de importação e exportação e de incentivos fiscais especiais, estabelecida com a finalidade de criar no interior da Amazônia um centro industrial, comercial e agropecuário dotado de condições econômicas que permitam seu desenvolvimento, em face dos fatores locais e da grande distância, a que se encontram, os centros consumidores de seus produtos”.

Leia mais: Em Tempo