Histórias da Ditadura

Referências

Autor

Marco Antonio de Castilhos Acco

Título

Elites da burocracia econômica e as reformas institucionais do sistema financeiro no governo Castelo Branco (1964-1967).

Formato

Dissertação

Palavras-chave

Economia, Unicamp, 1996

Sinopse

Esta tese busca apresentar e analisar criticamente quatro abordagens da teoria social contemporânea – neoliberais, pluralistas globalistas, neoinstitucionalistas históricos e neomarxistas -, oferecendo um balanço teórico sobre as estratégias metodológicas que mobilizaram, os argumentos que apresentaram e as conclusões a que chegaram sobre as complexas interações entre globalização e os Estados nacionais, em particular sobre as pressões para a transformação dos Estados nacionais induzidas, impulsionadas ou provocadas pela globalização, assim como, as teses que propõem – no sentido inverso dessa equação – os possíveis impactos das ações dos Estados na indução, inibição e/ou regulação dos processos de globalização. Se o que se tem em mente é a construção de uma agenda mais duradoura de reflexão sobre as interações entre Estados e formações sociais no mundo contemporâneo, esta tese argumenta que as abordagens teóricas com maiores possibilidades de perdurar são aquelas que articulam (a) uma economia política sofisticada para a análise das macro-instituições decisivas para a vida social contemporânea, (b) uma adequada economia política das escalas, particularmente aquela sobre os centros decisórios relevantes no mundo contemporâneo, e (c) uma forte determinação em incorporar a agenda democrática como elemento constitutivo dos projetos coletivos para as sociedades humanas.

Classificação
[Total: 0   Average: 0/5]

Comentários

Deixe uma resposta