Histórias da Ditadura

Referências

Autor

Adrianna Setemy

Título

Em defesa da moral e dos bons costumes: a censura de periódicos no regime militar (1964-1985).

Formato

Dissertação

Palavras-chave

Censura, Imprensa, UFRJ, 2008

Sinopse

Ao contrário de alguns estudos que vêem na vigilância à moral e aos bons costumes apenas uma estratégia para encobrir uma censura que, na realidade, estaria voltada apenas para temas políticos, neste trabalho revisitamos os anos do regime militar no Brasil, para que pudéssemos compreender de que maneira, nesse período, a censura de costumes, que já era uma prática antiga e incorporada à cultura-política brasileira, foi absorvida e reestruturada pelo grupo que estava no poder a fim de atender tanto aos ditames da Doutrina de Segurança Nacional como também às demandas de setores conservadores da sociedade, no sentido de controlar a circulação de periódicos que abordassem temas considerados ofensivos à moral e aos bons costumes, tais como a emancipação feminina, o uso da pílula anticoncepcional, a busca de satisfação sexual, o divórcio, a propagação das drogas e a insatisfação dos jovens diante das velhas estruturas sociais. Para que pudéssemos conhecer a maneira como os leitores de revista da época receberam as notícias e os debates acerca das transformações nos padrões de comportamento e relacionamento, analisamos as matérias publicadas nas revistas Manchete, Realidade e Ele Ela da década de 1960 e em seguida avaliamos como esses três periódicos foram atingidos pela estrutura “legal” e altamente burocratizada da censura de costumes.

Classificação
[Total: 0    Média: 0/5]

Comentários

Deixe uma resposta