Histórias da Ditadura

Referências

Autor

Paulo César de Araújo

Título

Eu não sou cachorro, não: música popular cafona e ditadura militar.

Formato

Livro

Palavras-chave

Arte, Cultura, Editora Record, 2002

Sinopse

clip_image001

Artistas considerados bregas – como Odair José e Waldik Soriano – sempre apareceram no topo da lista de mais vendidos. Veiculados nas rádios, freqüentavam os programas de auditório, mas não receberam o devido respeito e espaço em livros e teses, pois freqüentemente eram associados à ditadura militar. Em neste livro, o historiador Paulo César de Araújo preenche essa lacuna na historiografia da música popular brasileira e mostra como as figuras mais demonizadas por aderirem à cultura oficial durante os anos de chumbo, na verdade, foram tão ou mais perseguidas pelo regime quanto os artistas de esquerda.
Atire a primeira pedra quem nunca cantarolou uma letra de música popular cafona. Apesar de gosto duvidoso, as melodias fazem parte do patrimônio afetivo de milhares de brasileiros. Músicas como ´Eu não sou cachorro, não´, ´Pare de tomar a pílula´ e ´Cadeira de rodas´ fazem parte do repertório de um Brasil dos excluídos, um país mergulhado na ditadura militar e sacudido tanto por marchas moralistas de apoio à família, à propriedade e à Igreja quanto pela guerrilha urbana.

Classificação
[Total: 0    Média: 0/5]

Comentários

Deixe uma resposta