Histórias da Ditadura

Referências

Autor

Juliana Gazzotti

Título

Imprensa e ditadura. A revista Veja e os governos militares 1968-85.

Formato

Dissertação

Palavras-chave

Imprensa, UFSCar, 1998

Sinopse

O alvo deste projeto de pesquisa é a análise das relações entre imprensa e poder durante a ditadura militar. Mais especificamente, a relação entre a revista Veja e governo ditatorial (1964-1985). Interessa verificar se Veja colocou-se na oposição, se apoiou o regime militar ou se alternou estas duas posições neste período. Também se perguntará se, em decorrência da política econômica da própria ditadura, Veja mudou seu caráter enquanto empresa jornalística, de forma a afetar sua independência em relação ao poder. Por fim, levaremos em consideração o quadro que envolvia a busca de leitores, bem como acontecimentos que fugiam ao controle do Estado. Partindo da análise da revista como uma empresa que visava lucro, enfrenta-se as seguintes questões: como Veja lidava com a censura imposta pelo governo ditatorial e ao mesmo tempo procurava publicar os acontecimentos de interesse de seus leitores? Como as grandes transformações da sociedade brasileira durante a ditadura se refletiram no conteúdo das matérias publicadas? As relações entre Veja e os governos militares seguiram um padrão linear ou evoluíram em decorrência das modificações na economia, na sociedade e no poder? A hipótese geral aqui sugerida é que a própria dinâmica da ditadura em seus diferentes governos, no período de 1968-85 levou Veja a assumir diferentes posições em relação ao regime militar e seus governantes. A pesquisa realizar-se-á com o recurso a um levantamento bibliográfico da história política do governo militar e suas relações com a imprensa; uma seleção das matérias relevantes para a análise do tema proposto; entrevistas com personagens da época e comparações entre o noticiário de Veja e o de outros semanários e periódicos da época.

 

Classificação
[Total: 0    Média: 0/5]

Comentários

Deixe uma resposta