Histórias da Ditadura

Referências

Autor

Antonio Carlos Fon

Título

Tortura: a história da repressão política no Brasil.

Formato

Livro

Palavras-chave

Tortura, Editora Global, 1986

Sinopse

capa_historia_repressao

“Começamos a escrever este livro logo depois do golpe de 1º de abril de 1964, quando estávamos asilados na embaixada uruguaia no Rio. O terminamos, em Montevidéu, em julho de 1966. Este é fundamentalmente um livro de memórias de quem — menos por mérito do que por sorte — participou intensamente dos acontecimentos políticos e sociais do período agosto de 1961 a abril de 1964, em nosso entender o mais rico da história brasileira. Porém tem, paralelamente, a pretensão de constituir uma modesta contribuição à análise dialética do processo político-social dos anos 30/64. Como assessor de assuntos agrários no governo de Leonel Brizola no Rio Grande do Sul; como uma espécie de “delegado político” do mesmo na Guabanara, entre setembro de 1961 e o golpe; como secretário executivo da Frente de Libertação Nacional e posteriormente da Frente de Mobilização Popular; como coordenador dos “Grupos de 11” na Guanabara; como diretor do semanário brizolista PANFLETO — tivemos a oportunidade ímpar de viver no centro dos acontecimentos do período 1958/1964. Principalmente durante os 14 meses de existência da F.M.P., estivemos permanentemente vinculados aos organismos que a compunham: a C.G.T., as organizações camponesas, a U.N.E. e a U.B.E.S., a Frente Parlamentar Nacionalista, o Partido Comunista Brasileiro, as organizações que nucleavam a oficialidade nacionalista, os sargentos, os marinheiros e fuzileiros navais. E em contato diário com seus dirigentes. Em conseqüência, os fatos que narramos e as impressões que registramos foram, em grande parte, presenciados ou sentidos direta, pessoalmente. Por considerar que a crítica e a autocrítica são práticas fundamentais, indispensáveis às organizações e aos dirigentes políticos e sociais (a única maneira de não seguir praticando os mesmos erros), resolvemos pôr no papel tudo o que sabemos sobre os acontecimentos daquele período, sem ocultar nada, doa a quem doer.” (da Introdução)

Classificação
[Total: 0    Média: 0/5]

Comentários

Deixe uma resposta