MURAL DA VERDADE

Lista de perpetradores citados no relatório da Comissão Nacional da Verdade

Devido a tentativas de censurar nomes de autores de graves violações aos direitos humanos, algumas exitosas, o História da Ditadura disponibiliza a lista dos perpetradores identificados pela Comissão Nacional da Verdade (CNV). Por meio do Mural da Verdade, pretendemos não apenas reforçar o direito à verdade e à identificação dos responsáveis por crimes durante a ditadura, como também garantir a possibilidade de pesquisa sobre esses agentes. Embora alguns familiares tenham buscado censurar nomes nos registros históricos que associam seus parentes a repressão, tortura, desaparecimentos forçados e mortes, ninguém pode apagar o que aconteceu no passado. Em outras palavras, uma tarja preta sobre o nome de um familiar não muda o que, de fato, ele fez durante a ditadura. Por isso, em tempos de crescente negacionismo histórico, com o apoio de algumas instituições do Estado, publicizar a responsabilidade desses indivíduos nas graves violações de direitos humanos praticadas durante a ditadura se torna uma necessidade contra a imposição do silêncio.

 

Os 377 nomes abaixo listados foram incluídos no capítulo 16 do primeiro volume do relatório final da CNV, que trata da autoria das graves violações de direitos humanos cometidas durante a ditadura. Todos os nomes foram identificados por meio de pesquisa cautelosa da CNV, baseada em documentos e depoimentos tanto de vítimas quanto de agentes públicos envolvidos com a repressão. Cabe ressaltar que a divulgação desses nomes garante a efetivação do direito à memória e à verdade histórica e é assegurada pela Lei de Acesso à Informação, segundo a qual: 

 

A restrição de acesso à informação relativa à vida privada, honra e imagem de pessoa não poderá ser invocada com o intuito de prejudicar processo de apuração de irregularidades em que o titular das informações estiver envolvido, bem como em ações voltadas para a recuperação de fatos históricos de maior relevância.

 

Para não ter seu nome divulgado numa lista de responsáveis por violações de direitos humanos, siga os seguintes procedimentos:

 

1) Não cometa, planeje ou seja cúmplice de violações de direitos humanos

2) Não instaure uma ditadura

 

Devido à relevância histórica das informações contidas no capítulo 16 do relatório da CNV, segue a lista de autores de graves violações de direitos humanos:
 

A) Responsabilidade político-institucional pela instituição e manutenção de estruturas e procedimentos destinados à prática de graves violações de direitos humanos

PRESIDENTES DA REPÚBLICA

MINISTROS DA AERONÁUTICA

Nomes com * já ocuparam outros cargos

CHEFES DO SERVIÇO NACIONAL DE INFORMAÇÕES

Nomes com * já ocuparam outros cargos

CHEFES DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DO EXÉRCITO (CIE)

Nomes com * já ocuparam outros cargos

CHEFES DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DA AERONÁUTICA (CISA)

Nomes com * já ocuparam outros cargos

RESPONSABILIDADE PELA GESTÃO DE ESTRUTURAS E CONDUÇÃO DE PROCEDIMENTOS DESTINADOS À PRÁTICA DE GRAVES VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS:

Nomes com * já ocuparam outros cargos

RESPONSABILIDADE PELA AUTORIA DIRETA DE CONDUTAS QUE OCASIONAVAM GRAVES VIOLAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS:

Nomes com * já ocuparam outros cargos

Para saber informações mais detalhadas sobre cada um dos nomes mencionados nesta, veja a lista complementar organizada com base nas informações apuradas pela Comissão Nacional da Verdade. 
<--- Clique e faça o download da lista detalhada!